RECANTO DA PROSA

Cantinho dedicado à leitura e à troca de ideias entre os amantes da literatura. Sinta-se em casa!

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER

  • Aline Caixeta Rodrigues

10 passos para estabelecer metas

No outro dia, postei um texto no Instagram falando sobre a minha dificuldade em me planejar neste contexto de pandemia - e quem não está nessa, né? - mas hoje decidi arregaçar as mangas e começar a fazer umas anotações. Escolhi um lema pro ano que vem, abri um caderno em branco e colei na primeira página:



Nas últimas semanas a @dessacaixeta e eu divulgamos um projeto para publicar um livro ilustrado chamado Às vezes, na noite escura - e esse é um livro que fala exatamente sobre isso: o medo. Sobre a importância de abraçá-lo para mantê-lo sob controle e de olhar para as estrelas quando a noite vira breu. Curioso como escolhemos publicar esse livro sem pensar muito, mas ele tem tudo a ver com o que temos sentindo.



Para quem não acompanhou o projeto, a história é baseada num professor que tivemos quando crianças e que nos contava histórias de terror assombrosas. Agora olha só que interessante como são as coisas. Na última semana de campanha, a filha dele me procurou perguntando se podíamos fazer uma reunião online, pois ela queria umas dicas pra fazer um projeto também. Chamei a Dessa, topamos. E no meio da reunião, ela nos mostrou um quadrinho com a frase que virou meu lema. Na mesma semana, conversando com uma amiga (a @_anacarolff) e desabafando sobre a minha dificuldade em fazer planos - coisa que sempre gostei e tive facilidade de fazer - ela me disse que o meu problema não era organizacional. Era emocional: eu estava com medo.


E ainda estou. Mas estou indo com ele mesmo. Devagar. Um dia de cada vez. Um plano de cada vez. Tirando da cabeça pro papel - o que sempre me ajudou a me organizar, em todos os sentidos.


A Carol também me deu uma sugestão: por que você não olha para os planos que fez no começo de 2020 e começa daí? Fiz isso. (Ainda estou fazendo, na verdade). E o exercício logo me levou a outro, que a Dessa e eu incluímos no nosso planner (disponível na Loja): a Roda da Vida.



Pra quem não sabe, essa é um atividade de autoanálise, na qual você procura contemplar todas as áreas da sua vida e avaliar se elas estão em equilíbrio, partindo dos seguintes questionamentos:


Onde as coisas estão indo bem e onde estão indo mal?

Quais áreas precisam de mais atenção?

Quais são mais relevantes para o seu momento de vida presente?

E qual é aquela que irá impactar positivamente todas as outras (ou a maior parte), se você se dedicar a ela agora?


Em nosso planner, sugerimos fazer o exercício a cada trimestre, mas acho que ele é válido a qualquer momento, sempre que estivermos nos sentindo perdidos ou passando por situações complexas. E ao fazer a minha Roda da Vida, pensei que seria legal se nós a disponibilizássemos pra mais gente.


Então se você acha que esse exercício pode te ajudar, aí vão as etapas que te sugiro seguir.



1. Encontre um lugar tranquilo, coloque o celular no modo avião e reserve ao menos meia hora pra fazer o exercício sem interrupções. É impossível fazer uma autoanálise minimamente válida sem estar focado/a nisso.


2. Clique aqui e baixe o arquivo. Se possível, imprima ou copie num caderno. Muitas pesquisas comprovam que prestamos mais atenção e retemos mais informações daquilo que está impresso.


3. Leia quais são as subcategorias de cada grande área (vida pessoal; vida profissional; relacionamentos; e qualidade de vida). Ao todo, você terá 12 tópicos para avaliar, sendo 3 em cada grande área.


4. Comece pela área que te trouxe mais satisfação até aqui. Assim você se empolga pra ir até o fim do exercício :)


5. Avalie as categorias uma a uma, pensando em como anda a sua vida hoje, e colora cada fatia mensurando-as de 1 a 10. Quando você faz isso, a análise se torna mais visual e concreta do que se você apenas anotasse os números. Se precisar refrescar a memória, consulte agendas, diários, histórico de e-mails, fotos no celular etc.


6. Terminada a roda, avalie as grandes áreas e em cada uma delas, escolha uma subcategoria que te parece a mais importante neste momento, então destaque-a com um marcador de texto, uma seta ou do modo que achar melhor. Atenção! Você não precisa escolher a subcategoria que tem a menor nota. O importante é optar por aquela que irá te trazer mais benefícios.


7. Feito isso, observe os 4 quadros no fim da página e anote uma atividade prática para a subcategoria que você elegeu como a mais importante de cada área. Lembre-se de estabelecer um objetivo claro. Exemplo: ao invés de anotar "me alimentar melhor", experimente: "fazer um cronograma de refeições para a semana, anotar uma lista de supermercado com alimentos nutritivos e estabelecer dias e horários fixos pra cozinhar". Percebeu a diferença? Em qual das frases você acreditou mais?


8. Terminadas as anotações, escolha uma das 4 grandes áreas e a destaque. É comum, quando pensamos em nos organizar, querer fazer tudo de uma só vez. Spoiler: você não vai dar conta. Ninguém dá. Mas se escolher uma (eu disse uma!) coisa pra começar hoje e manter consistência nela, essa coisa logo vai ficar fácil, virar um hábito natural, impactar outras áreas da sua vida - e aí sim você vai conseguir passar para a próxima. Dica: coloque um post-it na geladeira, no espelho ou em qualquer lugar para o qual você olha todos os dias, com a sua motivação para cumprir aquela meta. Vai por mim, se você se esquecer do porquê está fazendo aquilo, você vai desanimar.


9. Caso se sinta à vontade, compartilhe essa resolução com alguém em quem você confia. Ao fazer isso, inconscientemente nos sentimos mais compromissados/as, afinal tem alguém olhando.


10. Se em algum momento, você perder o foco (grandes chances de acontecer), não chute o balde! Seja compassivo/a consigo mesmo/a, reajuste os planos e vá em frente! Não é porque você pediu uma pizza no fim de semana que não dá pra retomar o plano da alimentação saudável na segunda. Ou na terça, ou quarta... não tem dia certo pra (re)começar.


Hoje fico por aqui, te desejando coragem, esperança e foco. Uma hora, essa noite vai virar aurora.


P.s.: Não deixe de conferir nossos planners na Loja. O planner é uma ferramenta poderosa para quem pretende se organizar melhor. E lembre-se de que planejamento não se trata de cumprir metas e ser produtivo/a. Se planejar é fazer um compromisso consigo mesmo/a pra cuidar de quem mais importa: você. :)



POSTS RECENTES

INSTAGRAM

ENTRE EM CONTATO

Book Shelf

Deu vontade de prosear? Então deixe aqui a sua mensagem ou escreva para o nosso endereço de e-mail. Retornaremos em breve!

O trabalho Recanto da Prosa de Aline Caixeta Rodrigues está licenciado com uma 

Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Isso significa que: você está autorizado a compartilhar os conteúdos deste blog, desde que atribua os devidos créditos à autora;

mas sem alterá-los de nenhuma forma ou utilizá-los para fins comerciais.