Direitos autorais

O trabalho Recanto da Prosa de Aline Caixeta Rodrigues está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Isso significa que: você está autorizado a compartilhar os conteúdos deste blog, desde que atribua os devidos créditos à autora; mas sem alterá-los de nenhuma forma ou utilizá-los para fins comerciais.

Sexta literária

Na última sexta-feira, dia 5 de julho, tivemos a honra de mediar uma Sexta Literária na Casa Elefante. A mesa contou com a presença das poetas Anna Clara de Vitto, Fernanda Rodrigues, Tatiana Eskenazi e Viviane Nogueira.

 

Ao longo de quase duas horas, falamos sobre os mais variados temas, tais como: o conceito da poesia, o papel do estudo institucional na vida do escritor, os temas fundamentais na obra de cada autora, representatividade negra e feminina, processos editoriais, caminhos de publicação e a famosa inspiração poética.

 

Ao final, as autoras declamaram alguns poemas e abriram a mesa de autógrafos, enquanto os visitantes exploravam o acervo do espaço e conversavam no bar da casa. Foi uma noite maravilhosa e esperamos mais sextas literárias pela frente!

 

Sobre as poetas:

 

(da direita para a esquerda: Anna Clara, Fernanda, Tatiana, Viviane e Aline)

 

 

Anna Clara de Vitto

Poeta santista radicada em São Paulo. Autora de "Água indócil", publicado pela Editora Urutau em 2019. Desde 2017, integra a coordenação do Clube da Escrita para Mulheres, fundado em 2015 pela escritora e poeta Jarid Arraes. Possui poemas publicados nas revistas "Algo deu Errado", "Literatura e Fechadura" e "Revista FNX". Além das publicações esparsas, participa de saraus e leituras.

 

Fernanda Rodrigues

Fernanda Rodrigues é uma paulistana que ama gatos e café. Formada em Letras e pós-graduada no curso Formação de Escritores e Especialistas em Produção de Textos Literários, publica no blog Algumas Observações desde 2006. Terceiro lugar no Prêmio SESC Crônicas Rubem Braga (2017). É moderadora do Projeto Escrita Criativa e autora do "A Intermitência das Coisas: sobre o que há entre o vazio e o caos" (Editora Penalux, 2019).

 

Tatiana Eskenazi

Tatiana Eskenazi nasceu em São Paulo, em 1979. É formada em administração de empresas pela Faap e em fotografia pela Escola Panamericana de Artes. Nos últimos anos tem se dedicado especialmente à escrita poética e concluiu a pós-graduação em Formação de Escritores do Instituto Superior de Educação Vera Cruz. "Seu retrato sem você" é o seu primeiro livro. 

 

Viviane Nogueira

Viviane Nogueira tem 23 anos, paulistana crescida no interior. É poeta e graduanda em Psicologia no Instituto de Psicologia da USP. É mediadora do clube de leitura Leia Mulheres Osasco. Em 2018, participou do Curso Livre de Preparação do Escritor (CLIPE), na Casa das Rosas. É autora da plaquete “Onde estão os holofotes da tragédia” (2018, ilustrações de Steffano Lucchini) e do livro “Uma casa se amarra pelo teto” (Edições Macondo, 2019 - no prelo).

 

Sobre os livros: 

 

Água Indócil (Editora Urutau, 2019)

"Água Indócil" é subdividido em três partes, intimamente ligadas a temas e memórias próprios da cidade de Santos, no litoral do estado de São Paulo, onde a autora nasceu e cresceu. Na primeira parte, “Águas abrigadas”, a temática é a da nostalgia, da saudade, dos inícios, do deslumbramento. A segunda parte, “Ressaca”, trata da perda das ilusões. Por fim, a terceira parte, “Vento noroeste”, aborda a luta, a revolta, a raiva que, se posta em movimento, cura e liberta.

Clique aqui para saber mais.

 

A Intermitência das Coisas (Editora Penalux, 2019)

"A Intermitência das Coisas" é um livro que reúne cerca de 45 poemas. Seus versos retratam a movimentação da poeta no espaço contemporâneo, suas mudanças e aprendizados e, principalmente, os ciclos que se iniciam e se findam preenchendo o vácuo que habita entre o vazio e o caos.

Clique aqui para saber mais.

 

Seu retrato sem você (Editora Quelônio, 2018)

"Seu retrato sem você" é um livro de poemas feitos a partir de um trabalho fotográfico autoral. A autora reúne composições sobre os temas dos afetos, do amor perdido, da memória familiar, da ausência e do luto. A edição da Quelônio combina técnicas de impressão contemporâneas e tradicionais.

Clique aqui para saber mais.

 

Onde estão os holofotes da tragédia (publicação independente, 2018)

Composta a partir de uma coleção de fragmentos, texto e ilustração, "Onde estão os holofotes da tragédia" é um quase diálogo, uma procura pelos vestígios do acontecimento.

 

Sobre a Casa Elefante:

 

 

 

A Casa Elefante é um espaço de convivência artística e social, café/bar e também loja de discos de vinil, livros e brechó. Pocket shows, saraus, lançamento de livros, exposições, festas e workshops acontecem em nosso espaço, entre outras iniciativas propostas pelos frequentadores e amigos da casa.  

 

 

Endereço: Rua Cesário Mota Junior, 277 Sobreloja (São Paulo/SP)

Telefone: (11) 2366-2970

 

Galeria de fotos

 

 

 

Please reload

Siga
  • Facebook - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • wattpad_icon_orange
Inscreva-se para receber atualizações do blog
Inscreva-se para receber atualizações do blog
Destaques

Tapetes trocados

02.11.2019

1/7
Please reload

O Que Estou Lendo
Tags
Arquivo
Please reload

Procurar no blog